LIVROS

Catálogo de Frankfurt 2013

MINHA

BIBLIOTECA

SP

SÉRIE

VAGA-LUME

Catálogo de Bologna

2017

Finalista

Jabuti

2016

Um dos 

melhores 

livros do ano

pela 

Revista 451

Proac-

SP

2016

Prêmio

Jabuti

Proac-

SP

2014

PNLD

2019

PNLD

2020

Acervo Básico

FNLIJ

Catálogo de Bologna

2020

Se você não consegue ver, será que não existe? E se você quase consegue ver, será que existe, mas é invisível? Neste livro, Manuel Filho e Ana Matsusaki brincam com o texto e imagem para explorar as aventuras de um homem que está quase sempre lá. Num jogo divertido de esconde-esconde entre o protagonista e os leitores, os autores falam da complexidades de se fazer amigos em um mundo onde se tem pressa para chegar e mais pressa ainda para sair. Será necessário ser muito rápido se quiser dizer oi

Há limite para a imaginação? E, se existir, o que pode acontecer caso seja ultrapassado? O Elefante e a Bolinha de Sabão é uma história que propõe o encontro com um viajante muito curioso que vem de um lugar desconhecido. E, em razão de tantos vestígios encontrados em seu meio de transporte, o leitor irá se encantar com os souvenirs que acompanham o, embora pesado, delicado protagonista desta aventura.

Uma grande amizade pode se espalhar por todo o universo. É isso o que Mônica e Menino Maluquinho irão descobrir nesta incrível aventura. Basta fazer a contagem regressiva 5, 4, 3, 2, 1 para que tudo comece! E, claro, uma viagem tão emocionante pelo espaço sideral, na companhia do Astronauta, não seria completa se eles não estivessem com alguns de seus melhores amigos: Bocão e Chico Bento. Além de enfrentar o desconhecido, e viajar por lugares onde nenhum outro ser humano jamais esteve.

A Mônica e o Menino Maluquinho encontram em suas barras de chocolate os desejados bilhetes dourados que dão direito a um prêmio incrível: visitar a Montanha Mágica! Os sortudos ainda podem convidar quatro amigos para viajar com eles e conhecer esse lugar fantástico! As duas turmas se encontram e vivem uma grande aventura, enfrentando perigos, fazendo grandes descobertas e selando uma amizade eterna. Mas a grande surpresa, como em todo bom livro, ficará mesmo para o final!

Aparecido nunca quis contar à família sobre seu passado. Abandonado pela mãe ainda bebê na roda da Santa Casa da Misericórdia, passou a vida enfrentando o preconceito sobre sua condição de “enjeitado”. Seu segredo, porém, ficou guardado por muitos anos e registrado em uma misteriosa carta, que resolveu dar de presente ao seu neto Ricardo no aniversário de 15 anos do garoto. A mesma carta que mudou a vida de Aparecido iria, com a ajuda de seu neto, transformar o destino de toda a família.

Murilo um dia vai à Cidade da Criança, em São Bernardo do Campo (SP), e vê um menino rodeado por uma pequena multidão, abraçando e cumprimentando todos: é o prefeitinho do parque. Desde então ele sonha em ser prefeitinho também – assim teria passe livre para brincar à vontade! E não é que seu sonho pode se tornar realidade?

Antigamente, naquela época em que não havia TV, videogame ou internet para preencher as noites vazias com entretenimento para toda a família, era nas histórias contadas e ouvidas que residia o prazer em estar com os outros, partilhar emoções e fazer parte de uma mesma sociedade. Nesta inspirada coletânea de lendas brasileiras, Manuel Filho nos convida para uma jornada em que são necessárias uma pitada de coragem e mais outra de curiosidade.

Os pais de Hans vieram da Alemanha para montar uma ONG em Manaus, capital do Amazonas, para ensinar música para crianças e jovens. Durante sua adaptação ao novo país, o garoto irá se deparar com uma cultura bem diferente da sua e ficará encantado com a biodiversidade da vida na floresta. No entanto, chamará sua atenção o fato de que diversas espécies de animais estão correndo o risco de extinção. Com a ajuda de seus amigos, Hans vai descobrir que há muito a ser feito para preservar a Amazônia.

Maria percebeu, de repente, que as coisas nem sempre precisavam ser do mesmo jeito e que mudar algumas coisas de vez em quando pode trazer efeitos fantásticos para o nosso dia a dia. Esse livro apresenta de modo bastante criativo o cotidiano de Maria e suas tentativas (às vezes malucas) de mudar as coisas para melhor. Uma reflexão sobre mudança, respeito às diferenças e de perseverança são as principais mensagens desse livro colorido e muito divertido.

Sim, Os Diários Ainda Existem. E mesmo fazendo o que toda adolescente de sua idade faz – usar celular, Face e WhatsApp, se encontrar com os amigos, fazer os trabalhos da escola –, Laís ainda reserva um tempo do seu dia para escrever em seu caderno-diário sobre os perrengues que passa e suas alegrias. Às vezes precisamos silenciar o mundo lá fora e nos concentrar em nós mesmos.

O premiado autor Manuel Filho nos apresenta sua mais nova e empolgante aventura. Uma história cheia de mistérios que unirá uma jovem lancha, um experiente submarino e uma curiosa gaivota em uma jornada pelo Cemitério de Navios. Repleto de ação e de personagens incríveis, este livro convida o leitor a embarcar em uma deliciosa leitura e a descobrir que amizade e confiança nem sempre andam juntas.

Afonsinho estava muito feliz por conquistar o primeiro emprego de sua vida. Ganhar o próprio dinheiro, ajudar nas despesas de casa, ter mais responsabilidades. Tudo isso lhe parecia muito bom para um jovem na sua idade. Ficava ainda mais curioso cada vez que atravessava a porta do edifício em que trabalhava, o “Ouro para o bem de São Paulo”. Manuel Filho conduz o leitor a uma viagem misteriosa e emocionante sobre uma época muito importante da História de São Paulo e do país: a Revolução de 32.

Cacilda Becker é um dos maiores nomes do teatro brasileiro. Uma mulher à frente do seu tempo, batalhadora e extremamente talentosa. A sua contribuição destacou-se pela sensibilidade e capacidade de superar obstáculos em nome da arte. A vida dessa mulher extraordinária é contada com leveza e mestria por Manuel Filho. Os traços fortes e marcantes de Bill Borges ilustram esta obra singular e apaixonante.

Lili é uma abelhinha que adora fazer doces com o pólen das flores, e já fazia um bom tempo que ela estava de olho num botão de rosa que nascia em frente à sua casa. Porém, no dia em que Lili foi colher o pólen, a flor havia desaparecido! Desesperada, a abelhinha sai à procura de seu pequeno botão de rosa.

Desde criança, em alguns momentos da vida, Luísa teve de enfrentar três situações de preconceito: o fato de ser negra, adotada e ter pais gays. Quando chamou Henrique para sua casa a fim de ajudá-lo com as aulas de matemática, jamais pensou que ele agiria como tantas outras pessoas. Mas e aquela repentina aproximação de Gabriel? Será que ele realmente era um idiota como seu amigo Henrique? Uma história envolvente que lida com assuntos como homofobia, racismo, preconceito e amizade.

Numa noite muito estranha, a lua desapareceu do céu e todos ficaram apavorados. A maré não subiria...A noite perderia o seu brilho...A mata ficaria desprotegida... Mas Éder e Elias, dois irmãos gêmeos, e sua prima Tri descobrirão o motivo pelo qual o sumiço aconteceu e também conhecerão e reviverão de forma emocionante a história de Capéi, personagem de uma lenda indígena que narra a história de uma entidade que foi morar com as estrelas por ser feita de luz, tornando-se, assim, a lua.

Paulinho tinha percebido que o vovô Flávio não estava muito bem de saúde. Ele andava entristecido e não saía de casa havia algum tempo. Porém, a manifestação para evitar que fechassem o cinema do bairro deu um novo ânimo ao vovô. Eles iriam abraçar o cinema e evitar que as máquinas colocassem tudo abaixo. Nesta incrível viagem no tempo, Paulinho viverá grandes aventuras e irá descobrir por que o seu avô não gosta mais de gelatina.

Um garoto vasculha os pertences do avô falecido e encontra um baú repleto de dinheiro antigo. Então indaga a sua avó se ela sabe algo sobre o dinheiro. Ela diz que todas as notas daquele baú perderam seu valor por causa da inflação. Com toda paciência, a avó do menino se propôs a imaginar, junto com o neto, uma história que explica a trajetória econômica da humanidade, não apenas para elucidar o significado do termo “inflação”, mas o surgimento do dinheiro, do comércio, a importância das fontes

Em primeira pessoa, o garoto João conta sua história falando de seus sonhos de consumo e de como eles se transformam em pesadelos na vida real. Com texto descontraído, Manuel Filho aborda o consumismo e o consumo sustentável, além de mostrar como esses assuntos estão presentes no cotidiano do leitor, que é levado a identificar-se com as situações e a refletir sobre sua responsabilidade enquanto consumidor.

Um lugar e seus fantasmas, revelados pelo visor de uma máquina fotográfica. Abel e Fig são dois garotos que, em uma excursão do colégio, vão visitar Paranapiacaba, uma antiga vila ferroviária. Um clic e a aventura começa cheia de mistérios e revelações surpreendentes. A partir daí, os dois amigos viverão uma inesquecível aventura. O leitor, arrastado pelos inacreditáveis acontecimentos, só conseguirá fechar o livro quando o último trem partir ou a bateria acabar.

Tiago está aprendendo com sua tia Angélica a pintar azulejos, uma antiga tradição portuguesa. Ao ficar sozinho no estúdio, algo fantástico acontece: seus avós, pintados nos azulejos pendurados na parede, começam a falar com ele. Tiago aprenderá com seu avô a história de seus antepassados, como e por que os portugueses migraram para o Brasil, a adaptação da família ao novo país e muito mais.